A SPIRULINA, UM ALIMENTO SURPREENDENTE



A spirulina melhora o aspecto e a saúde da nossa pele, nossas unhas e nosso cabelo, já que contém antioxidantes que retardam o envelhecimento.
Talvez, a olho nu não pareça muito tentadora, pois possui um aroma muito peculiar e um tom verde intenso característico. Porém, para além de seu aspecto um tanto quanto estranho ou pouco familiar para a maioria das pessoas, a spirulina é considerada um superalimento, capaz de oferecer uma incrível variedade de nutrientes de todo tipo ao nosso organismo.
Por isso, tanto a OMS (Organização Mundial da Saúde), quanto a ONU (Organização das Nações Unidas) recomendaram a incorporação da spirulina em nossa alimentação diária como um complemento alimentício. Se isso te parece pouco, a NASA incluiu o item na alimentação de seus astronautas durante suas missões ao espaço, o que nos dá uma ideia do alto valor nutricional deste produto natural.
Este alimento tão saudável é consumido com frequência também por atletas que participam de altas competições, para melhorar sua performance, pois, já foi comprovado que ajuda a reduzir o tempo de recuperação e a fortalecer as defesas do corpo.
Se você quer desfrutar do privilégio de consumi-la, encontre, a seguir, mais razões para fazê-lo.
O que é a spirulina?
De maneira geral, diz-se que a spirulina é uma alga de cor azul esverdeada, em forma de espiral, mesmo que existam pesquisadores que afirmem que não seja uma alga em si, mas sim outro tipo de organismo vivo.
Mas, independente das especulações científicas e seus títulos, o que realmente pode nos interessar é que a spirulina contém proteínas muito mais digeríveis do que as da carne bovina, por exemplo, e uma gama ampla de nutrientes sumamente benéficos para o nosso organismo.
Quanto ao seu conteúdo vitamínico, na spirulina podemos encontrar as vitaminas A, B1, B2, B5, B6, ácido fólico, assim como as vitaminas E e H. Sabe-se também que a spirulina é a fonte natural mais rica em vitamina B12.
Spirulina, um alimento mágico
A spirulina possui efeitos verdadeiramente surpreendentes sobre a saúde, e conta com uma história de mais de cem anos inserida na alimentação humana. Inclusive, existem pesquisadores que asseguram que ela formava parte do menu de algumas civilizações americanas como os incas e os astecas, que a apreciavam e combinavam com uma infinidade de alimentos.
Você sabia que a spirulina ajuda a emagrecer?
Ao consumi-la, imediatamente o organismo começa a experimentar seu efeito redutor do apetite e sentimos que estamos cheios ou, pelo menos, sem fome por períodos mais longos.
Isso acontece por ser a “alga” um alimento rico em nutrientes diversos, proteínas e minerais, assim, é capaz de suprir muito bem nossas necessidades alimentícias e faz com que nosso organismo reduza a exigência de absorver mais alimentos.
Por isso, este produto natural é recomendado especialmente a pessoas que necessitam perder peso.
A redução do apetite causada pela spirulina faz com que seja muito mais fácil reduzir a quantidade de alimentos que consumimos em cada refeição, bem como a frequência com que comemos. Desse modo, o processo de emagrecimento se torna mais “rápido”, e não sentimos fome e ansiedade, que geralmente sabotam todo o nosso esforço.
A spirulina também é muito rica em iodo, um componente muito efetivo para o estímulo da glândula tireoide, acelerando o metabolismo e favorecendo, com isso, o processamento muito mais rápido de gorduras em nosso corpo. Ela também possui um elevado teor de fenilalanina, um aminoácido que ajuda a reduzir a sensação de apetite, e desempenha múltiplas funções no organismo humano.
Spirulina contra o envelhecimento
Outro aspecto importante de se conhecer sobre a spirulina é que ela possui agentes antioxidantes que ajudam o organismo a nos manter mais jovens, pois estes mesmos agentes retardam os efeitos do envelhecimento. Tal benefício é notável especialmente no aspecto e saúde de nossa pele, nossas unhas e nosso cabelo.
Quando dizemos que a spirulina contém agentes com efeitos antioxidantes, significa que eles combatem e reduzem os efeitos negativos dos chamados radicais livres, que não são mais do que substâncias altamente reativas que aceleram o processo de envelhecimento, deteriorando nossas células e tecidos.
Os radicais livres são produzidos por nosso próprio corpo quando mantemos uma alimentação inadequada, o submetemos ao estresse ou nos tornamos pessoas sedentárias.
Como encontrá-la e como consumi-la?
Muitas pessoas consomem a spirulina em cápsulas ou seu extrato em pó. Também é possível encontrá-la em pílulas, compactas, em lojas especializadas na venda de produtos naturais.
É provável que, para aqueles que até então não sabiam de sua existência, nunca tenham reparado que em algumas farmácias ou na internet seja possível comprar a spirulina. Em comércios, lojas de produtos dietéticos e farmácias homeopáticas você, sem dúvida, a encontrará.

Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkedin
Share On Pinterest
Share On Reddit
Share On Stumbleupon
Loading Facebook Comments ...
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *